InícioBebês10 dicas para fazer o bebê dormir a noite toda

10 dicas para fazer o bebê dormir a noite toda

-

Fazer o seu bebê dormir a noite toda é uma dificuldade? Isso acontece com frequência, principalmente com as mamães de primeira viagem. Neste artigo, vamos te ajudar com 10 dicas para fazer o bebê dormir a noite toda.

Confira nos tópicos seguintes!

1 – Criar uma rotina do sono

Essa dica é muito poderosa e serve não apenas para os bebês. Profissionais da saúde a indicam até para adultos que sofrem de insônia e ansiedade.

A rotina tem um papel preponderante na definição do comportamento humano. É provável que você sinta fome com frequência a partir do meio dia, porque se acostumou a almoçar nesse horário.

Por isso, se o seu bebê se acostuma com determinados hábitos desde que nasce, será mais fácil a adaptação dele aos horários do seu lar.

Para começar, é importante que a hora de dormir seja a mesma diariamente. Estabelecido esse horário, você deve criar um ritual fácil que possa ser feito por qualquer pessoa da família.

Por exemplo, você pode reduzir a luz do quarto do bebê todos os dias no mesmo horário, dar um banho, trocar a fralda, fazer uma massagem, cantar uma canção ou contar uma história. 

Outro hábito que pode ajudar a estimular o sono dele é a amamentação à meia luz antes de dormir. 

Quando você estabelece uma rotina agradável, com ações das quais o bebê gosta, ele faz uma associação positiva, entendendo que ir dormir é uma coisa boa. 

Desse modo, ele fica mais relaxado, seguro e tranquilo e consegue dormir por mais horas seguidas. 

2 – Dar um banho relaxante no bebê um pouco antes de dormir

Esta e algumas outras dicas para fazer o bebê dormir a noite toda devem ser incluídas na rotina diária do sono.

Ou seja, você precisa dar um banho relaxante em seu bebê todos os dias antes de dormir, para que ele, depois de um tempo, já se prepare para o sono quando chegar o momento do banho. 

Esse hábito ajuda muito porque a água morna é um ótimo ambiente para relaxar, principalmente se for possível dar o banho em um ambiente com luminosidade mais baixa.  

Além disso, os cheiros agradáveis dos shampoos e sabonetes para bebê, também ajudam com as associações positivas. 

Banhos durante o dia podem ser acompanhados por brinquedos e brincadeiras que divertem o bebê, mas o banho da hora de dormir não.

- Continua Depois da Publicidade -

É importante manter a menor quantidade possível de estímulos para que ele possa relaxar. Com o clima de “banho da hora de dormir” é provável que ele saia do banho bocejando. 

Em resumo, você deve criar um clima e um ambiente confortáveis para o banho, com tudo o que vai ser necessário à mão quando levar o bebê para a banheira. 

Separe previamente todos os itens de que vai precisar: sabonete, shampoo, esponja macia, toalha, fralda e roupinha que o bebê vai usar para dormir. 

Garanta que a temperatura da água esteja morna e agradável para o bebê e também que não haja correntes de ar nem variações na temperatura do ambiente.

Tudo isso vai proporcionar não só que o bebê relaxe para dormir, mas também que aprenda a gostar do banho. 

3 – Dar de mamar ao bebê

Se o seu bebê já não está se alimentando apenas do leite materno, é importante que ele tenha uma refeição completa um pouco mais cedo, antes da hora de dormir.

A barriguinha muito pesada aumenta as chances de refluxo e impede o relaxamento, atrapalhando a criação da rotina do sono. 

Por outro lado, o bebê não deve ir dormir com fome. Isso também vai impedir o seu relaxamento. Assim, é muito importante mantê-lo saciado, para que ele consiga dormir por mais horas.

Então, oferecer o leite materno, que é muito agradável para ele, também funciona bem para fazê-lo relaxar.

Não se esqueça de manter o clima com poucos estímulos, luz baixa e ausência de ruídos que possam assustá-lo. 

4 – Reproduzir o som do útero

A ausência total de som pode não transmitir a sensação de tranquilidade que o bebê precisa para descansar.

Como ele ainda é um bebê, ele se lembra do ambiente do útero, que era confortável e seguro, e neste ambiente havia um som consistente e suave.

Então, é muito positivo que você tente reproduzir o som do útero, com algo que seja ao mesmo tempo consistente e suave. 

A ideia é abafar outros sons vindos da casa ou da rua, que possam perturbar o relaxamento do bebê, como conversas, barulhos de carros se aproximando e latidos de cachorros. 

Essa tentativa de reprodução do som do útero é chamada de ruído branco. Você pode utilizar aplicativos e aparelhos eletrônicos fabricados exclusivamente para essa finalidade. 

- Continua Depois da Publicidade -

Muitas mamães também utilizam o som emitido pelo ventilador, mas é muito importante que ele não fique voltado para o bebê.

5 – Reduzir a duração das sonecas do dia

Entre as dicas para fazer o bebê dormir, essa é uma das que funcionam com maior rapidez. A lógica é simples: se dormir menos durante o dia, ele estará mais sonolento à noite. 

Mas isso não significa que você deve impedir o seu bebê de dormir se ele estiver com sono durante o dia. As sonecas são fundamentais para o desenvolvimento dele. 

A sugestão aqui é uma redução do tempo dessas sonecas. Se o bebê estiver muito cansado, ele ficará irritado e não conseguirá brincar.

O ideal é que você o estimule mais com os brinquedos enquanto ele demonstrar interesse e o deixe tirar a soneca quando ele demonstrar cansaço.  

Vá reduzindo o tempo dessas sonecas aos poucos, acorde o bebê para trocar a fralda ou alimentá-lo e preste atenção aos possíveis sinais de sono que ele vai demonstrar. 

Cada bebê tem necessidades específicas, então é difícil definir uma quantidade fixa de horas para as sonecas.

Por isso, você deve ficar atenta ao comportamento do seu filho para conseguir redirecionar a maior parte das horas de sono dele para o período noturno. 

6- Estimular o bebe durante o dia

Esta dica tem tudo a ver com a anterior. Muitos bebês dormem várias horas durante o dia por falta de estímulos e não porque realmente precisam desse descanso. 

Aproveite os momentos em que o seu bebê está acordado para estabelecer interações e estimular as brincadeiras. 

Essas atividades vão causar um cansaço, que, por sua vez, vai proporcionar um sono mais profundo durante a noite. 

É importante, porém, que os estímulos sejam positivos e divertidos, para não provocar irritação ou estresse no bebê.

Um bebê estressado demora mais a pegar no sono. Por isso, repare em sinais de estresse, como coçar os olhos ou puxar as próprias orelhas. 

Isso pode significar que você está provocando estímulos em excesso. Mas manter poucos estímulos também não é bom.

Algumas brincadeiras muito divertidas e saudáveis para os bebês são a do aviãozinho e as de se esconder. 

- Continua Depois da Publicidade -

No primeiro caso, você deve segurar o bebê e levantá-lo como se fosse um avião. No segundo, você pode usar o cobertor preferido do bebê para que ele possa se esconder e ser achado. 

7 – Naninhas e chupeta ajudam no processo

E já que falamos do cobertos no tópico anterior, vamos falar agora sobre a naninha. Ela é um objeto ao qual o bebê se apega e que o ajuda a pegar no sono.

Uma naninha pode ser um cobertor, uma fralda de pano, um bichinho de pelúcia, um travesseiro, uma chupeta ou qualquer outro objeto “fofo” da sua casa do qual o bebê goste. 

Esses objetos fazem com que os bebês se sintam mais seguros para relaxar e dormir. A única ressalva é prestar atenção ao tamanho dos mesmos.

Ofereça ao seu bebê brinquedos ou outros objetos que não sejam nem muito grandes, para que não o sufoquem, nem muito pequenos, para que ele não coloque na boca. 

Além disso, os brinquedos de pelúcia não devem ser oferecidos a bebês que têm problemas respiratórios, como asma, bronquite ou alergias. 

8 – Trocar a fralda se estiver cheia

O conforto sempre será maior se a criança se sentir limpa e seca. Por isso, trocar a fralda antes da hora de dormir é fundamental. 

Mantenha a região genital do bebê limpa e higienizada para que ele não se sinta irritado e consiga relaxar.

Essa prática é importante também por conta das irritações que a demora para trocar a fralda pode causar na pele do bebê.

Esse tipo de problema na pele causa muito desconforto e pode deixar o bebê agitado, sem conseguir dormir.

Sendo assim, além de trocar as fraldas com frequência, principalmente na hora de dormir, você deve ter sempre em mãos uma pomada adequada para esse tipo de irritação ou assadura.  

9 – Verificar se a roupa está adequada ao clima

Roupinhas de bebê, em geral, precisam ser muito confortáveis. Mas, quando se fala em roupinhas para a hora de dormir, o cuidado deve ser redobrado. 

Dê preferência a roupas de algodão, sem botões ou elásticos que possam apertar ou machucar o bebê.

É importante que o bebê já entenda desde cedo qual roupinha é o pijama, porque vestir o pijama também deve fazer parte do ritual da hora de dormir. 

Além disso, é preciso que a roupinha esteja adequada ao clima. Muitas mamães, na tentativa de proteger seus bebês, o vestem com roupas muito quentes para que eles não passem frio à noite. 

Mas se o clima da sua cidade ou a época do ano for quente, isso vai acabar causando um desconforto que impede o relaxamento e o sono do bebê.

Isso sem falar na irritação que a sensação de frio ou calor pode causar. 

Você também não deve deixá-lo só de fralda e camiseta quando a temperatura ambiente pode esfriar durante a noite, mesmo que ele tenha um cobertor quentinho. 

O bebê pode chutar ou se desvencilhar do cobertor e acabar passando frio durante a noite. Por isso é tão importante que a roupinha de dormir esteja sempre adequada ao clima. 

10 – Não tire o bebe do berço

Se, ao primeiro sinal de insatisfação do bebê, você o retirar do berço e o mantém no colo, isso vai virar uma rotina.

O colo da mãe é o lugar mais parecido com o útero que o bebê conhece e é onde ele se sente mais confortável e seguro.

É natural que ele deseje se manter o máximo possível neste local, mas ficar no colo o tempo todo não é saudável para o desenvolvimento e a independência futura do seu filho. 

Por isso, o bebê deve se acostumar a dormir no berço, desde que nasce, tanto para o conforto dele quanto para o da mamãe.

Ele deve aprender a reconhecer o berço como um local seguro e um espaço seu. Isso vai estimular inclusive a noção de que ele não está mais ligado ao corpo da mãe.

O ideal é que você o coloque no berço ainda acordado para que ele reconheça que é hora de dormir. 

Um choro curto pode não ser problema algum e o bebê pode voltar a dormir depois de alguns minutos. 

Você só deve se preocupar em caso de choro intenso e duradouro. A mãe aprende a reconhecer os tipos de choro do bebê e costuma saber quando ele só está pedindo colo. 

Concluindo

Agora queremos saber o que você tem feito para fazer seu bebe dormir a noite toda. Você já segue alguma das nossas dicas? Ou tem alguma dica extra para deixar para as mamães leitoras do nosso blog?

Deixe seu comentário contando a sua experiência! Se o choro do seu bebê à noite for intenso e duradouro, ele pode estar com algum desconforto ou até uma cólica. 

Se você desconfia que isso pode estar acontecendo, além de conhecer as nossas dicas para fazer o bebê dormir a noite toda, você precisa ler nosso artigo sobre cólica de bebê. É só clicar aqui. Boa leitura e até o próximo post. 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Leia Também

O que é o método BLw

Método BLW: O que é e como fazer?

0
Se o seu bebê está prestes a completar seis meses de idade e só se alimenta com o leite materno, está chegando o momento...
Desenvolvimento da 11º semana de gestação

Desenvolvimento da gravidez:11ª semana de gestação

0
O fim do terceiro trimestre se aproxima e hoje é dia de falar sobre a 11ª semana de gestação em nossa série sobre o desenvolvimento...

Oii mamãe, voce deseja receber nossas novidades em seu email?