InícioGravidezDesenvolvimento da gravidez: 6ª semana de gestação

Desenvolvimento da gravidez: 6ª semana de gestação

-

Este é o quarto post da nossa série sobre o desenvolvimento da gravidez semana a semana e o assunto dele é a sexta semana de gestação.

Na semana passada, falamos sobre a quinta semana, período no qual o bebê já possui um coração, que bate em ritmo acelerado causando comoção na futura mamãe. 

Quais serão as novidades que acontecerão na sexta semana? É claro que vamos falar detalhadamente sobre isso nos próximos tópicos.  

Se você está grávida e está acompanhando nossos posts a cada nova semana, deixe o seu comentário e nos diga se os sintomas e sensações relatados aqui estão coincidindo com a sua experiência.

Nos tópicos seguintes, você vai saber quais são as mudanças previstas para acontecerem dentro do seu organismo e como anda do desenvolvimento do seu bebê durante a sexta semana. Acompanhe!

Desenvolvimento do bebe na 6ª semana de gestação

A sexta semana de gestação é marcada pelo desenvolvimento de alguns órgãos como os rins, o fígado, os intestinos e os pulmões do embrião.

Além disso, os braços e pernas, que começaram a se desenvolver na quinta semana, agora já estão mais desenvolvidos e parecem pequenos brotos.

Outras novidades da sexta semana de gestação são o início da formação dos olhos e o surgimento de pequenas dobras que vão originar a mandíbula, o queixo e as bochechas do bebê. 

Ou seja, é nesse momento que começam a aparecer as características do rosto do novo componente da família. 

A pequena cabeça do embrião passa a ter duas manchas escuras, que vão dar origem aos olhos, além de quatro “covinhas”, que vão ser as narinas e as orelhas.

Aparecem também algumas dobras de tecido que formarão a língua e o pescoço do bebê. 

Também estão em processo de formação o tecido muscular e o ósseo, que já estão cobertos por uma fina camada de pele.

Há ainda na sexta semana, uma extensão da coluna vertebral, que fica por algumas semanas com o aspecto de uma cauda que desaparece posteriormente. 

Nesse momento, que compõe a organogênese, são vários os órgãos dos aparelhos reprodutor, urinário e digestivo que estão em formação.

O coração do embrião, que já estava formado na quinta semana, continua batendo em ritmo acelerado. 

A sexta semana de gravidez

- Continua Depois da Publicidade -

Veja a seguir o que acontece no organismo de uma gestante durante a sexta semana de gravidez.

Sexta semana – 1º dia

O embrião ainda é muito pequeno, mas vários órgãos já estão em formação. No início da sexta semana de gravidez, ele tem uma cabeça desproporcional ao restante do corpo. 

Isso acontece porque a sexta semana é um período crucial para a formação dessa parte do corpo. 

Há manchas escuras onde serão formados os olhos, aberturas onde estarão as narinas e saliências onde estarão as orelhas.

Sexta semana – 2º dia

Já estão mais evidentes os brotos que formarão os braços e pernas e já existem mãos e pés, ainda achatados.

Também está crescendo nessa fase a hipófise, glândula cerebral responsável pela regulação hormonal.

Neste período a frequência cardíaca do embrião segue com aproximadamente 150 batimentos por minuto.   

Sexta semana – 3º dia

É mais ou menos neste período que o embrião começa a se mexer. Mas não se empolgue. Você só vai conseguir sentir esses movimentos a partir do segundo trimestre de gravidez.

Enquanto essa fase não chega, cuide da sua alimentação para proporcionar o desenvolvimento saudável do bebê.

O recomendado é que uma gestante consuma cerca de 2 mil calorias diariamente com um pequeno aumento no último trimestre da gravidez.

Isso equivale a aproximadamente cinco porções de frutas, legumes e verduras todos os dias. Lembre-se da importância de consumir alimentos de todos os grupos.

Os desejos alimentares são comuns nessa fase, então não se culpe por comer um doce uma vez ou outra. Mas não torne isso uma rotina. 

Sexta semana – 4º dia

Para que o seu organismo não rejeite o feto, a sua imunidade fica baixa durante a gravidez e isso significa que você está mais suscetível a infecções.

Por isso, nós reforçamos em todos os artigos desta série a importância de manter uma boa alimentação durante a gestação.

Lembre-se dos alimentos ricos em vitamina C, que ajudam no combate às infecções, e converse com seu médico sobre a possibilidade de tomar suplementos vitamínicos. 

Sexta semana – 5º dia 

- Continua Depois da Publicidade -

Ainda que a sonolência seja muito comum durante esse início de gravidez, o aumento da frequência urinária pode estar atrapalhando o seu sono.

Você precisa se levantar diversas vezes durante a noite para ir ao banheiro e voltar a pegar no sono não é muito fácil. 

Por isso, tire um tempo para descansar durante o dia sempre que for possível e, caso você mantenha uma boa ingestão de líquidos durante o dia, diminua um pouco esse consumo durante a noite.

Mas não esqueça de que é muito importante que você esteja bem hidratada durante toda a gravidez. 

Sexta semana – 6º dia 

Os sintomas como a sonolência, os enjoos e as muitas idas ao banheiro podem estar atrapalhando muito a sua rotina, principalmente no trabalho.

Então, priorize o seu descanso quando estiver em casa. Peça ajuda ao seu parceiro com as tarefas cotidianas e fique atenta às possíveis exacerbações dos sintomas da gravidez. 

Relate ao seu médico se você, por exemplo, não estiver conseguindo manter nada no estômago em razão dos enjoos. 

Sexta semana – 7º dia

É hora de pensar com mais carinho no autocuidado associado à gravidez. Que tal procurar cosméticos que ajudem a evitar as estrias?

Não menospreze a importância de se sentir bem durante e após a gestação. O seu estado emocional pode influenciar o desenvolvimento do seu bebê e certamente o afetará diretamente depois que ele nascer. 

Então, cuide-se, para que esse período seja tranquilo e especial, como deve ser. 

Como a mamãe está se sentindo na sexta semana de gestação?

Na sexta semana de gestação, há um aumento do tamanho do útero e da quantidade de hormônios no organismo e é isso que eleva a frequência urinária e intensifica os enjoos matinais. 

O aumento do nível de hormônio HCG gera o aumento da circulação de sangue na região pélvica. Essa é uma das explicações para a necessidade de urinar muitas vezes ao longo do dia e da noite, que também pode estar associada ao crescimento do útero, criando uma pressão na bexiga.

Além disso, os rins também se tornam mais eficientes para eliminar as toxinas do organismo neste período. Tudo isso junto provoca o aumento da frequência urinária.

Esse é o sintoma que mais se destaca na sexta semana, sendo uma das principais reclamações das gestantes.

Mas lembre-se de que segurar a urina ou deixar de beber água não são boas soluções para o incômodo de ter que ir ao banheiro com frequência.

- Continua Depois da Publicidade -

É preciso lidar com esse sintoma e ter em mente que ele não vai durar tanto tempo assim. 

O aumento do nível do hormônio progesterona também pode causar uma lentidão no trabalho do intestino, culminando na prisão de ventre. 

Outros sintomas comuns são a sensação de cansaço excessivo e a sonolência a qualquer hora do dia, que já podem ter aparecido nas semanas anteriores.

Outros sintomas comuns

O formigamento nos mamilos e a sensação de mamas doloridas e pesadas são outros sintomas que, caso ainda não tenham aparecido, provavelmente vão aparecer a partir da sexta semana. 

O crescimento do útero também pode causar uma sensação de peso na barriga e a futura mamãe ainda não vai se ver livre das dores nas costas, nas pernas e até na cabeça. 

A azia e a sensação de queimação também podem aparecer, por conta do relaxamento muscular na parte de cima do estômago e do consequente acúmulo de suco gástrico. 

Para aliviar toda essa avalanche de sintomas, siga as dicas abaixo:

  • Faça intervalos curtos, de duas a três horas, entre as refeições e coma pequenas porções;
  • Passe a ir para a cama um pouco mais cedo e crie uma rotina de acordar e ir dormir sempre no mesmo horário;
  • Se você puder, reserve um tempo para descansar durante o dia, já que a sonolência é muito comum;
  • Use sutiãs de alta sustentação para aliviar as dores e o peso nas mamas;
  • Não prenda a urina, pois se ela ficar retida na bexiga você corre maiores riscos de ter uma infecção urinária; 
  • Mantenha-se hidratada, pois isso é fundamental para a sua saúde e para o desenvolvimento do bebê;
  • Siga uma dieta saudável, priorizando alimentos ricos em fibras e evitando as frituras e as comidas apimentadas ou condimentadas;
  • Não se deite após as refeições, isso pode aumentar a sensação de queimação e causar exofagite;
  • Pratique exercícios físicos que sejam liberados pelo seu obstetra;
  • Tome cuidado com o uso de medicamentos e não tome nenhum por conta própria, pois esta é uma fase muito delicada para a formação dos órgãos do bebê e alguns remédios podem atravessar a placenta e causar uma má formação do embrião. 

Curiosidades da sexta semana de gestação

Veja abaixo as respostas para algumas curiosidades referentes à sexta semana de gestação. 

Qual é o peso do bebê na sexta semana?

O embrião ainda não tem peso relevante na sexta semana. Ele só pesa cerca de um grama a partir da oitava semana de gestação.

Qual é o tamanho do bebê na sexta semana de gestação?

Nesta fase, o tamanho do embrião pode variar entre quatro e seis milímetros. Algo do tamanho aproximado de uma semente de romã. 

 Informações gerais sobre a sexta semana de gestação

  • Semana: 6ª;
  • Equivale à segunda semana do segundo mês de gravidez;
  • Equivale ao período do 36º a 42º dia de gestação;
  • Neste momento, a cabeça do embrião toma forma e os membros aparecem como brotos;
  • Vários órgãos dos aparelhos digestivo, reprodutor e urinário estão em formação;
  • É muito importante a ingestão de ácido fólico e vitamina C, bem como a manutenção de uma alimentação saudável;
  • Entre os sintomas presentes nessa fase, o aumento da frequência urinária pode ser o mais notável. 

Você está gostando da nossa série sobre o desenvolvimento da gravidez semana a semana? Conte-nos nos comentários! O próximo post será sobre a sétima semana de gestação. Até lá!

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Leia Também

Anticoncepcional: tudo que você precisa saber

Anticoncepcional: tudo que você precisa saber

0
Você utiliza ou planeja utilizar o anticoncepcional? Este é um recurso que revolucionou a vida das mulheres positivamente, mas também tem efeitos colaterais.  Antes de...
Nona semana de gestação

Desenvolvimento da gravidez : 9ª semana de gestação

0
Chegamos a mais um post da nossa série sobre o desenvolvimento da gravidez semana a semana! E agora é hora de falar sobre a...

Oii mamãe, voce deseja receber nossas novidades em seu email?