InícioGravidezDesenvolvimento da gravidez:11ª semana de gestação

Desenvolvimento da gravidez:11ª semana de gestação

-

O fim do terceiro trimestre se aproxima e hoje é dia de falar sobre a 11ª semana de gestação em nossa série sobre o desenvolvimento da gravidez semana a semana. 

Como temos visto ao longo dos posts desta série, a cada semana há mudanças acontecendo em seu corpo e em todas elas há alguma evolução do desenvolvimento do bebê. 

Essa é uma das razões pelas quais os médicos indicam o cálculo da idade gestacional em semanas e não em meses. Veja como calcular sua idade gestacional

Em um mês inteiro de gravidez muitas mudanças vão ocorrer e, acompanhando o processo semana a semana, será muito mais fácil entendê-las, tanto para você quanto para o seu médico.  

Então, se você está na décima primeira semana de gestação e ainda não leu os demais posts desta série, acesse-os para entender as inúmeras transformações pelas quais o seu organismo e o bebê já passaram até aqui.

Por mais que sua aparência não tenha mudado e sua barriga ainda não tenha dado sinais significativos de crescimento, as mudanças internas foram enormes. 

Neste artigo, você vai saber tudo o que acontece durante a 11ª semana de gravidez. Confira nos próximos tópicos.

Desenvolvimento do bebê na 11ª semana de gestação

Na 11ª semana de gestação, o desenvolvimento dos dedos das mãos e dos pés do bebê já está completo e ele já possui unhas. 

As membranas que inicialmente ficavam entre os dedos começam a desaparecer e eles adquirem um aspecto mais alongado. 

Os dentes já se apresentam como botões dentro da gengiva e as papilas gustativas estão em pleno desenvolvimento. 

O nariz também já está formado, mas existe uma pele que tampa o orifício nasal. 

Olhos e orelhas já estão em sua fase final de formação e podem ser vistos com nitidez durante o exame de ultrassom. 

As orelhas estão em seu devido lugar, mas seu funcionamento ainda não acontece, porque ainda não estão prontas as ligações internas que vão da orelha até o cérebro.

Os olhos já possuem pálpebras que abrem e fecham com frequência, mas o nervo ótico ainda está em fase de desenvolvimento e o bebê ainda não consegue ver a luz.

Além da abertura dos olhos, outro movimento que o bebê já faz com frequência é o de abertura e fechamento da boca.

- Continua Depois da Publicidade -

Esses movimentos podem ser visualizados durante o exame de ultrassom, assim como os movimentos dos braços e pernas, que ainda não podem ser sentidos pela mamãe. 

Também pelo ultrassom é possível detectar os primeiros sinais dos movimentos respiratórios do bebê. 

A 11ª semana de gestação

Vamos falar agora mais detalhadamente sobre as novidades relacionadas à décima primeira semana de gestação e também os cuidados que você deve tomar. 

1º dia – Fim de alguns sintomas inicias

Você está chegando ao fim da fase mais incômoda da gestação quanto aos sintomas. Quando você chegar ao segundo trimestre, as possibilidades de aborto espontâneo vão diminuir vertiginosamente. 

Todas as partes do corpo do bebê já estão formadas e ele já possui inclusive dentes e unhas. 

O bebê já consegue se movimentar de forma fluida, o que parece um balé aquático. Sua principal tarefa durante os próximos meses será a de crescer e se desenvolver.

2º dia – Exame de translucência nucal

Pode surgir uma linha vertical escura em sua barriga e o seu útero já deve estar acima dos ossos da pelve. Agora o médico já consegue senti-lo ao fazer um exame externo. 

Mantenha o seu acompanhamento pré-natal em dia. Este é o momento de fazer o exame de translucência nucal. 

Na verdade, ele pode ser feito entre a 11ª e a 14ª semanas de gravidez, mas você já pode conversar com o médico sobre o assunto. 

Ele corresponde à medição do espaço na região do pescoço do bebê, que é feita durante o ultrassom morfológico e ajuda na descoberta de problemas cromossômicos. 

 3º dia – Rotina de ativdades mais leves

Se você ficou muito indisposta e sonolenta até aqui, pode aproveitar uma possível trégua desses sintomas a partir de agora para retomar uma rotina de atividades físicas leves. 

Pergunte ao seu médico que tipo de exercícios você está liberada para fazer. Eles vão melhorar o seu tônus muscular, sua força e sua resistência. 

Esses três fatores podem te ajudar muito na hora do parto e também a recuperar sua forma física posteriormente.

Alguns dos exercícios mais indicados são as caminhadas, a natação e a hidroginástica.

 4º dia –  Alimentação balanceada

Vamos relembrar a importância de uma alimentação balanceada e saudável? Seu organismo precisa de vários nutrientes que serão levados até o bebê, mas agora vamos dar destaque ao ferro.

- Continua Depois da Publicidade -

Muitas mulheres já iniciam a gravidez com insuficiência de ferro e isso é muito preocupante pois a carência de ferro pode levar a um tipo de anemia que está associada ao parto prematuro. 

Então, para garantir a produção de hemoglobina e melhorar a sua imunidade não deixe de consumir alimentos ricos em ferro, como o feijão e as carnes vermelhas. 

Converse com seu médico também sobre a possibilidade de indicação de suplementos. 

5º dia – Ingerir menos cafeína

Você sabia que bebidas ricas em cafeína podem atrapalhar a absorção de ferro pelo seu organismo?

Além disso, a cafeína pode estar associada aos riscos de restrições no crescimento do feto. Não há confirmação a respeito disso, mas vários estudos estão sendo desenvolvidos.

Portanto, faça o possível para evitar o café e os chás. Você já vai ter que restringir a cafeína durante a amamentação, então pode ir reduzindo gradativamente o consumo. 

É natural a vontade de tomar café diante da sensação de cansaço típica do início da gravidez. Mas a melhor solução é realmente fazer intervalos para descansar durante o dia. 

6º dia –  Beba mais água

E já que estamos falando sobre bebidas, vamos retomar a indicação que já demos a respeito de beber pelo menos dois litros de água e outros líquidos ao dia.

Dê preferência à água limpa, cuja procedência você conhece, e aos sucos naturais. Tome cuidado com as bebidas industrializadas e ricas em açúcar.

Faça o possível para se manter longe dos refrigerantes, que são ricos em açúcar, podendo causar gases, retenção de líquidos e aumento acelerado de peso. 

7º dia – Hora de dar atenção ao enxoval

Que tal aproveitar o início da trégua dos sintomas como os enjôos para cuidar dos preparativos para a chegada do seu bebê?

Este pode ser o momento ideal para começar a preparar o enxoval e cuidar da decoração do quarto, que costuma demandar mais tempo.

Como a mamãe está se sentindo na 11ª semana de gestação?

Quando chega a 11ª semana de gestação, a maioria das mamães ainda não estão com a famosa silhueta de grávida.

Então a barriga pode começar a aparecer, mas não é fácil identificar se a mulher está grávida ou apenas um pouco acima do peso ideal.

Por outro lado, há mamães que já estão perdendo a cintura e começam a ficar com uma barriga mais evidente. 

- Continua Depois da Publicidade -

Como já dissemos aqui no blog, o tamanho da barriga pode variar em razão de várias especificidades e isso não necessariamente tem a ver com o maior desenvolvimento do bebê. 

Mas o que conta realmente é o acompanhamento pré-natal e a avaliação médica. Então, não se preocupe se sua barriga ainda não está saliente.

Mas a barriga não é a única parte do corpo que muda ao longo da gravidez. Na 11ª semana, o seu rosto pode ficar mais arredondado e o seu nariz um pouco inchado.  

Isso acontece em função não do aumento de peso, mas da atuação dos hormônios como a progesterona e é considerado totalmente normal.

Fim e início de alguns sintomas

Outra novidade é o crescimento das glândulas responsáveis pela produção do leite materno, que consequentemente também aumenta o tamanho dos seios. 

Pode aparecer também um corrimento vaginal fino, branco, leitoso e sem cheiro, que é considerado normal. 

Mas a boa notícia é que você pode começar a se despedir de alguns sintomas muito incômodos do início da gravidez, como os enjoos e as indisposições.

Você pode aproveitar este momento em que os sintomas dão uma trégua e a barriga ainda não pesa para cuidar de alguns preparativos para a chegada do bebê. 

Outra boa notícia é que nesse momento você pode começar a notar um crescimento acelerado do seu cabelo ou a redução da queda. 

As gestantes que possuem pouco cabelo ou fios muito finos costumam se alegrar com essa novidade, que também acontece devido aos hormônios.

Mas nem tudo são flores e alguns sintomas ainda podem persistir, como a dor na pelve, que ocorre em função do afrouxamento dos ligamentos para acomodar o bebê.  

A alta frequência urinária, a azia e a queimação também podem te fazer companhia por mais algum tempo. 

Neste momento costuma surgir também uma ansiedade pela descoberta sobre o sexo do bebê, que por meio do ultrassom só pode ser visto a partir da 16ª semana. 

Mas agora falta pouco para essa descoberta e você deve tentar curtir cada momento, pois depois que o bebê nascer, você vai ter a sensação de que o tempo passou voando. 

Curiosidades sobre a 11ª semana de gestação

Veja abaixo as respostas para as principais curiosidades sobre a décima primeira semana de gestação. 

Qual é o peso do bebê na 11ª semana de gestação?

Na 11ª semana de gestação, o peso do bebê é de cerca de 7 gramas. 

Qual é o tamanho do bebê na 11ª semana de gestação?

Quando chega a 11ª de gravidez, o bebê está medindo entre quatro e cinco centímetros da cabeça até as nádegas, o que corresponde ao tamanho de um limão pequeno.

Como a cabeça dele ainda é muito grande em relação ao restante do corpo, ela corresponde a pelo menos metade dessa medida. 

Caixa de informações gerais sobre a 11ª semana de gestação

  • Semana: 11ª;
  • Equivale à terceira semana do terceiro mês de gravidez;
  • Equivale ao período do 71º ao 77º dia de gestação;
  • Os dedos das mãos e pés do bebê estão formados e com unhas;
  • Os olhos e orelhas do bebê já estão bem formados, mas ele ainda não ouve nem vê;
  • A futura mamãe pode ficar com o rosto arredondado em razão dos hormônios.

Esperamos estar te ajudando com nossa série sobre o desenvolvimento da gravidez semana a semana. Agora queremos saber se você que está na 11ª semana de gestação ou já passou por ela sentiu um certo alívio dos sintomas neste momento. Deixe seu comentário!

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Leia Também

O que é o método BLw

Método BLW: O que é e como fazer?

0
Se o seu bebê está prestes a completar seis meses de idade e só se alimenta com o leite materno, está chegando o momento...
Desenvolvimento da 11º semana de gestação

Desenvolvimento da gravidez:11ª semana de gestação

0
O fim do terceiro trimestre se aproxima e hoje é dia de falar sobre a 11ª semana de gestação em nossa série sobre o desenvolvimento...

Oii mamãe, voce deseja receber nossas novidades em seu email?