InícioBebêsMétodo BLW: O que é e como fazer?

Método BLW: O que é e como fazer?

-

Se o seu bebê está prestes a completar seis meses de idade e só se alimenta com o leite materno, está chegando o momento de pensar em uma complementação para a dieta dele. Uma das possibilidades mais utilizadas atualmente é o método BLW.

A sigla significa “Baby Led Weaning” e pode ser traduzida como “desmame conduzido pelo bebê”. 

A ideia é apresentar outras opções de alimentos ao bebê, fazendo com que ele se interesse, pouco a pouco e no tempo dele, por um cardápio mais diversificado. 

Assim, o bebê deve participar das refeições em família, pois ao ver os pais comendo, ele vai entender que existem outras possibilidades além do leite materno.

Ou seja, este é um método de introdução alimentar complementar que tem como objetivo estimular a ingestão de alimentos sólidos pelo bebê, que deve pegá-los com as mãos. 

Isso significa que o método BLW não inclui o hábito de “tratar” do bebê com talheres e nem os alimentos líquidos, como sopinhas e papinhas, que ainda são muito comuns.

Por que fazer o método Blw?

Os adeptos do método BLW acreditam que os atos de tratar e de priorizar tipos pouco variados de alimentos torna a alimentação monótona, não estimula a mastigação e obriga o bebê a comer mesmo quando já está saciado ou não gosta do sabor do alimento oferecido.

Já o método BLW é uma espécie de caminho para que a própria criança, a partir dos seis meses, “desbrave” as diversas possibilidades alimentícias disponíveis.

Dessa forma, o bebê pode descobrir quais são os seus alimentos preferidos ao ser encorajado pela família a experimentá-los.

Além da promoção de hábitos alimentares mais saudáveis, o método BLW tende a estimular a autonomia e a autoconfiança da criança desde cedo. 

O método ainda não possui embasamento científico, mas é uma alternativa interessante e tem ganhado muitos adeptos.

Você vai ver, ao longo dos próximos tópicos, como aplicar esse método, quais alimentos que o bebê deve comer, como saber se o bebê comeu o suficiente e se ele corre o risco de engasgar. 

Além disso, vamos listar algumas dicas para a aplicação eficaz do método BLW, caso esta seja a sua escolha para a introdução alimentar complementar do seu bebê. 

Como começar a aplicação do método BLW?

Para a utilização deste método, o bebê precisa ter pelo menos seis meses. A partir dessa idade, ele consegue se sentar sem apoio e levar o que desejar até a boca com as mãos.

Esses são pré-requisitos essenciais. Se não alcançaram esses estágios do desenvolvimento do bebê , ainda não é a hora de utilizar o método BLW.

- Continua Depois da Publicidade -

Os seis meses de idade são necessários, porque há um consenso entre os estudiosos da pediatria sobre a alimentação do bebê exclusivamente com o leite materno até esta fase. 

É claro que existem casos específicos em que a mãe não pode amamentá-lo ou quando o bebê é adotado. Mas nessas situações, há outras possibilidades de alimentos que buscam uma aproximação nutricional com o que o leite materno oferece, além dos bancos de leite.

Destacamos isso, porque o método BLW é uma forma de alimentação complementar que vai compor as refeições do bebê sem excluir o leite materno, a princípio.

Assim, o desmame é conduzido pelo próprio bebê, de maneira gradativa, à medida que ele vai se interessando mais pelos alimentos sólidos. 

Pré requisitos complementares para o método BLW

Voltando aos pré-requisitos, como este método tem a ver com o estímulo da autonomia do bebê, é impossível aplicá-lo se a criança ainda não consegue sentar corretamente e segurar os alimentos com as mãos. 

Outro ponto importante, é que o bebê esteja sentado à mesa, claro, em uma cadeira apropriada, e faça suas refeições junto com os pais.

Observar os pais comendo é que vai despertar o interesse da criança pelos diversos alimentos. Então, nada de ter um momento à parte para a alimentação somente do bebê. 

Uma boa estratégia é, a princípio, evitar a utilização dos pratos e colocar os alimentos picados diretamente no suporte que vem junto à cadeirinha do bebê.

Você deve saber, mas não custa lembrar que os pães, doces e biscoitos, por mais vistosos e apetitosos que pareçam para uma criança, não são alimentos para essa fase.

Os alimentos do método blw precisam ser opções saudáveis, incluindo as frutas, verduras e legumes bem cozidos. 

Quais alimentos oferecer ao bebê no método BLW?

Conforme dissemos no tópico anterior, os alimentos que serão oferecidos ao bebê durante a aplicação do método BLW devem ser todos saudáveis.

Vamos ver agora uma lista de alimentos que podem fazer parte do cardápio infantil a partir dos seis meses para a introdução alimentar complementar.

Os legumes citados na lista devem ser sempre cozidos e cortados em tiras ou em palito, para facilitar a manipulação pelo bebê. 

Qualquer alimento duro precisa cozinhar bastante para facilitar a mastigação e, se essa é uma das suas preocupações porque o bebê ainda não possui dentes, saiba que ele consegue triturar alimentos macios com as gengivas. 

Vamos à lista: 

  • Cenoura, batata, abobrinha e chuchu;
  • Tomate, pepino, couve, couve-flor e brócolis;
  • Inhame, abóbora e beterraba;
  • vagem e quiabo;
  • omelete com salsinha, ovo cozido cortado em quatro pedaços;
  • Uva cortada ao meio;
  • Maçã, melão e melancia fatiados;
  • Banana parcialmente descascada (com a casca aberta até a metade);
  • Bolinho de arroz com feijão;
  • Macarrão parafuso;
  • Peito de frango cortado em tiras e hambúrguer grelhado;
  • Frutas em geral cozidas, sem casca e cortadas em palitos;
  • As carnes em pedaços deve-se oferecer somente para chupar, pois o bebê ainda não consegue degluti-las. 

Quais temperos usar para preparar as refeições?

- Continua Depois da Publicidade -

O método BLW é revolucionário porque, segundo ele, não se deve oferecer ao bebê alimentos que ele não consegue segurar com as mãos.

Ou seja, os novos alimentos devem ser todos sólidos, ainda que suficientemente cozidos e macios.

Ficam de fora, portanto, as tradicionais sopinhas e papinhas, tão associadas à alimentação dos bebês. 

Por outro lado há uma preocupação com a diversificação da alimentação da criança e com a variedade de nutrientes saudáveis.

O método BLW excluí todos os alimentos que possam atrapalhar o desenvolvimento do bebê, como os doces, as frituras, os embutidos e os temperos.

O azeite de oliva e o óleo de coco podem ser utilizados, mas o óleo de cozinha comum está fora de questão. 

Até os nove meses, os alimentos do bebê devem ser cozidos apenas com água e uma quantidade pequena de sal, quando algumas variedades de temperos e condimentos podem ser introduzidas.

Caso o bebê não demonstre interesse por algum alimento específico, a insistência não é o melhor caminho, pois pode acabar com o interesse por todos os outros alimentos.

A solução é voltar a oferecer o alimento depois de um tempo com algum outro formato ou textura, mas sem insistir.

O bebe corre o risco de engasgar com o método BLW?

A ausência dos alimentos líquidos e pastosos deixa algumas mamães preocupadas com a possibilidade de o bebê engasgar.

Bem, esta possibilidade existe, mas é pequena. Além disso, é possível que a criança engasgue até com o próprio leite materno e com os alimentos pastosos.

Com relação aos alimentos sólidos, o segredo para evitar os engasgos está na alimentação sempre supervisionada e nos pré-requisitos citados anteriormente para a introdução do método BLW. 

Se o bebê já fica sentado e consegue pegar os alimentos (devidamente cortados de modo a facilitar a manipulação) e levá-los até a boca, os riscos de engasgar são mínimos.

A maior parte dos engasgos acontece com grãos ou outros alimentos muito pequenos, que o bebê ainda não consegue manusear por conta do estágio inicial do desenvolvimento da sua coordenação motora. 

Alimentos macios e bem cozidos, como os legumes e as frutas recomendados no método BLW, quase nunca oferecem problemas.

- Continua Depois da Publicidade -

Mesmo assim, caso o engasgo aconteça, o próprio reflexo natural que o bebê tem de tossir pode retirar esses alimentos da garganta.

Contudo, para que isso funcione, o bebê precisa estar sentado ou de pé e nunca deve ficar sozinho enquanto se alimenta. 

Como saber se o bebe comeu o suficiente no método BLW?

O ideal é que sejam oferecidas ao bebê de três a quatro variedades de alimentos de diferentes grupos alimentares durante cada refeição.

Se o bebê se interessar, experimentar e gostar de todas elas será ótimo, mas nem sempre isso acontece.

Como saber então se o bebê comeu o suficiente, já que ele pode parar de comer por estar saciado, mas também porque não se interessou tanto por aqueles alimentos oferecidos?

O primeiro passo é acompanhar o crescimento do bebê, o aumento de seu peso e a periodicidade adequada nas consultas pediátricas. 

Além disso, um ótimo termômetro da adaptação à alimentação sólida é a gradativa diminuição da amamentação.

Você pode oferecer leite materno ao bebê depois das refeições com o método BLW. Se ele mamar muito pouco, é quase certo que já está satisfeito. 

Caso ele continue mamando a mesma quantidade que mamava antes da introdução da alimentação sólida, você pode oferecer outras opções de alimentos, até descobrir as preferências do bebê.  

Algumas dicas para quem quer começar a aplicar o método BLW

Se o método BLW é a sua escolha para a introdução alimentar complementar do seu bebê, veja abaixo algumas dicas para realizar essa missão com sucesso.

Preparar o ambiente 

Para consumir os alimentos sólidos, o bebê precisa estar sentado em uma cadeira adequada e com os alimentos ao seu alcance.

Além disso, você pode forrar o chão com jornais ou algum outro papel para evitar as sujeiras.

Estimular a concentração do bebê na refeição, também é outro ponto importante. Nada de brinquedos ou TV ligada para distraí-lo. 

Deixar o bebê sem roupas

Para que o bebê fique à vontade e não haja problemas quanto a se sujar, você pode deixá-lo sem roupas.

Assim, não haverá a necessidade de interrupções para a limpeza superficial da roupinha dele nem um acúmulo enorme de roupas pra lavar. 

Ter paciência 

O bebê deve ser encorajado, e não forçado a comer. Então, não o apresse. Tenha muita paciência.

O processo de adaptação à alimentação sólida pode ser lento e é o bebê quem deve decidir o que e em que ritmo comer.

Não se preocupe caso ele não demonstre interesse por todos os alimentos oferecidos e tente tornar o momento da refeição o mais prazeroso e divertido possível.

Supervisionar a alimentação do bebê

O método BLW tem como um de seus benefícios o estímulo à autonomia do bebê, mas ele continua sendo um bebê e precisa de supervisão.

Jamais deixe seu filho sozinho enquanto ele está se alimentando. Ele pode se distrair e esquecer a mastigação e sua posição na cadeira pode mudar e ele ficar recostado ao invés de sentado.

Além disso, muitas outras situações imprevisíveis podem acontecer quando um bebê fica sozinho. 

Fazer as refeições junto com o bebê

Quase sempre o interesse do bebê por determinado alimento acontece porque ele observa os pais comendo. 

Por isso, as refeições precisam ser feitas em família. Isso vai estimular o bebê tanto a ter vontade de experimentar os diferentes alimentos quanto a fazer isso por conta própria, sem esperar que alguém os coloque em sua boca. 

Isso sem falar no poder que têm as reuniões constantes ao redor de uma mesa para o desenvolvimento emocional de uma criança.

Concluindo 

Muitas mamães utilizam e elogiam o método BLW, ainda que não conte com comprovação científica de sua eficácia. 

Seus benefícios convencem muitas mães a apostar no oferecimento de alimentos sólidos aos bebês, mas a ascensão desse novo método não exclui a possibilidade tradicional da introdução alimentar complementar com sopas, purês e papinhas. 

São apenas possibilidades diferentes, que você pode analisar e escolher aquela que considerar mais apropriada.

Agora conte-nos nos comentários o que você achou do método BLW e, caso você o esteja utilizando, como tem sido a sua experiência com as refeições do seu bebê.  

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Leia Também

O que é o método BLw

Método BLW: O que é e como fazer?

0
Se o seu bebê está prestes a completar seis meses de idade e só se alimenta com o leite materno, está chegando o momento...
Desenvolvimento da 11º semana de gestação

Desenvolvimento da gravidez:11ª semana de gestação

0
O fim do terceiro trimestre se aproxima e hoje é dia de falar sobre a 11ª semana de gestação em nossa série sobre o desenvolvimento...

Oii mamãe, voce deseja receber nossas novidades em seu email?